Avança a negociação para compensações de terminais no Tapajós

SÃO PAULO  -  As negociações em torno das possíveis compensações ambientais e sociais dos empreendimentos de logística no rio Tapajós “avançaram” na reunião de ontem com a prefeitura de Itaituba, no oeste do Pará.

“Avançamos muito, e nas questões de fundo que nos afastavam de um acordo”, afirmou ao Valor o presidente da Associação dos Terminais Privados do Rio Tapajós (Atap), Kleber Menezes. “Estamos confiantes num desfecho exitoso para os próximos dias”. As conversas continuam hoje e a expectativa é que um posicionamento oficial seja divulgado na segunda-feira. Procurada pela reportagem, a prefeitura de Itaituba não quis se manifestar.

De acordo com o executivo, as empresas reunidas na Atap – entre elas Bunge, Cargill e Hidrovias do Brasil – fizeram uma contraproposta à lista de investimentos do município, excluindo os itens da agenda municipal que elas consideram dissociadas dos empreendimentos.

As empresas de logística tinham até ontem para apresentar a contraproposta, sob risco de sofrer uma ação do Ministério Público Estadual do Pará que interromperia as concessões das licenças de instalação. Isso colocaria em risco o cronograma de investimentos de R$ 1,3 bilhão para a construção de nove estações de transbordo fluvial que servirão como alternativa para o escoamento de até 20 milhões de toneladas de grãos por ano do Centro-Oeste para exportação pelo Atlântico.

Apenas a Bunge obteve a licença de instalação até o momento e está com a construção avançada do terminal. As demais companhias estão fase de elaboração do EIA-Rima, o relatório de impacto ambiental, e chamamento para audiências públicas.

© 2000 – 2013. Todos os direitos reservados ao Valor Econômico S.A. . Verifique nossos Termos de Uso em http://www.valor.com.br/termos-de-uso. Este material não pode ser publicado, reescrito, redistribuído ou transmitido por broadcast sem autorização do Valor Econômico.
Leia mais em:

http://www.valor.com.br/agro/3309552/avanca-negociacao-para-compensacoes-de-terminais-no-tapajos#ixzz2iM9hOZMS

Fonte: Valor | Por Bettina Barros | Valor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *