AVAL DA RAINHA | Um mago na arte de domar cavalos

Técnica especial de domesticação desenvolvida por norte-americano é destaque em palestra

Autor do livro Encantadores de Vidas, o economista e engennheiro Eduardo Moreira foi uma das atrações de ontem da Casa RBS na Expointer. Em pouco mais de uma hora, o carioca de sotaque marcado fisgou a atenção dos espectadores ao falar de sua relação com Join Up – método de doma de cavalos sem o uso da violência.
A ligação de Moreira com os equinos começou há poucos anos, quando adquiriu uma fazenda no interior de São Paulo. Pela internet, comprou uma égua “ideal para passeios”, característica desmentida já no primeiro contato.
– Ela me derrubou e, enquanto estive caído no chão, eu não conseguia mexer o corpo. No hospital, viram que não tinha perdido movimentos, mas fiquei duas semanas de cama e seis meses fazendo fisioterapia – relata o economista.
Além de mostrar que seus conhecimentos de equitação não eram suficientes, o período de recuperação motivou Moreira a ler O Homem que Ouve Cavalos, do cowboy Monty Roberts. Fascinado pela técnica de domesticação adotada pelo norte-americano, conseguiu uma vaga no curso de Roberts nos Estados Unidos. Nas aulas que duraram cinco dias e contaram com cerca de 40 alunos, era o único amador da turma.
– Por não saber nada, não ter vícios, eu era capaz de absorver todos os conceitos – diz.
De volta ao Brasil, Moreira trouxe na bagagem muito mais do que técnicas para se relacionar com animais.
– Eu precisava transformar a segunda-feira no melhor dia da minha vida, como Roberts. Deixei a empresa da qual eu era sócio e me juntei a outros sócios para fundar a Plural Capital – conta.
Moreira apresentou a técnica no país pela primeira vez na fazenda de um vizinho – depois de outros ensinamentos de seu mestre, também ministrou cursos. E foi tentando trazer Roberts ao país que teve o segundo acidente que mudou seu destino. Chovia em São Paulo quando, ao pular uma mureta de granito em busca de um táxi, ficou com um dos pés presos:
– Quebrei oito ossos e cheguei ao hospital com 80% de chances de perder o pé.
Na recuperação de dois meses, considerada recorde, conheceu o preparador físico Nuno Cobra. Inspirado por Roberts e Cobra, escreveu Encantadores de Vidas. O caminho para o sucesso passou por uma condecoração que Moreira recebeu das mãos da rainha da Inglaterra, Elisabeth II, no Castelo de Windsor, por seu esforço para banir o uso da violência no treinamento de cavalos. Moreira deixou uma lição às pessoas que lotaram a Casa RBS:
– Com comunicação e parceria, dá para domar muito mais rápido. Vocês nunca vão me ver prendendo, amarrando, cerceando um cavalo.

Saiba mais

– O livro: Encantadores de Vidas, 254 páginas, Editora Record

– Outras informações sobre o trabalho de Eduardo Moreira podem ser conferidas em ko.com.br

– O site oficial de Monty Roberts é www.montyroberts.com

Fonte: Zero Hora

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *