Audiência debate demarcações quilombolas na terça

As demarcações de terras quilombolas em Osório, Maquiné, Caçapava, Rio Pardo e Restinga Seca, no RS, serão tema de audiência pública da Comissão de Agricultura da Câmara dos Deputados na próxima terça-feira, 3, às 14h30, no plenário 6, do anexo II.

Autor da audiência, o deputado federal Alceu Moreira (PMDB/RS) lembra que os quilombolas são um movimento legítimo e de reparação de uma dívida histórica de todos os brasileiros com os negros, mas que não pode gerar outra injustiça, essa com as famílias que vivem e dependem das propriedades que estão sendo demarcadas.

No caso de Osório, no RS, a demarcação do Quilombo do Morro Alto, de 4,5 mil hectares, pode desapropriar 950 famílias de pequenos produtores do município e também de Capão da Canoa e Maquiné.

Entre os convidados para a audiência estão representantes da Fundação Cultural Palmares, Confederação Nacional de Agricultura, Confederação dos Trabalhadores na Agricultura, Ministério da Justiça, Secretaria-geral da Presidência da República, Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial da Presidência da República e Ordem dos Advogados do Brasil.

Audiência ampliada
A pedido dos deputados Valdir Colatto (PMDB/SC) e Lira Maia (DEM/PA) foram incluídos no debate os municípios de Campos Novos, de SC, e Santarém, do PA.

– See more at: http://www.alceumoreira.com.br/noticias/?id=200&tipo=0#sthash.aG2O4r9R.dpuf

Fonte: Site Alceu Moreira