Atenção para o manejo na cria

Entender o ambiente que abriga o rebanho e seus limites produtivos é o desafio do pecuarista para otimizar custos e produzir mais. ‘Não adianta ter vacas gordas se elas não estiverem produzindo’, pontuou o pesquisador australiano Geoffry Fordyce, que palestrou ontem na 7 Jornada Nespro e no 1 Simpósio Internacional sobre Sistemas de Produção de Bovinos, na Ufrgs. Em painel sobre manejo de cria em ambientes com déficit nutricional, o especialista falou da importância de prestar atenção à lida antes de optar por suplementos. ‘É preciso manejar para reduzir as necessidades de repor nutrientes.’ Questionado sobre o manejo na seca, disse que é preciso evitar que a parição e a lactação ocorram em épocas muito quentes.

Fonte: Correio do Povo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *