Assuntos econômicos,Logística e infraestrutura,Fruticultura – João Martins discute agenda para setor agropecuário com secretários da Bahia

Salvador / Bahia (27 de janeiro de 2016) – O presidente da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) e do Sistema FAEB/SENAR, João Martins, recebeu, nesta terça-feira, 26, na sede da FAEB, em Salvador, o secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação do Estado da Bahia (SECTI), Manoel Gomes de Mendonça Neto, e o secretário de Desenvolvimento Rural da Bahia (SDR), Gerônimo Rodrigues. Também participaram do encontro o vice-presidente da Federação, Humberto Miranda e a Superintendente do Senar Bahia, Carine Magalhães.

Na reunião, João Martins apresentou as principais ações do Sistema FAEB/SENAR, como os cursos e programas de capacitação e formação de longa duração, programas sociais e ainda outras ações que estão sendo implantadas no estado, como o Centro de Excelência em Fruticultura, do SENAR Brasil, que será instalado no município de Juazeiro e os Centros de Treinamentos Rurais do Senar Bahia, com atividades presenciais e EaD (Ensino à Distância) que visam formar técnicos certificados para atuarem na Bahia.

A principal pauta do encontro foi discutir uma agenda positiva para o setor agropecuário junto ao governo do Estado. Entre as discussões, João Martins apresentou aos secretários uma proposta de trabalho para fortalecer a região do Sisal, que engloba os municípios de Valente, Riachão do Jacuípe e Conceição do Coité.

“É uma região pujante, produtiva e rentável. Nós iremos adensar todas as ações do Sistema FAEB/SENAR nessa região, desde os cursos de Formação Profissional Rural aos programas de longa duração e as ações sociais, que visam melhorar a qualidade de vida do homem do campo”.

O secretário de Desenvolvimento Rural, Gerônimo Rodrigues, acrescentou que essa é “uma região que tem mercado, bons empreendedores e articulação. É uma ação importante. Nós temos como unir forças para pensar uma ação integrada, articulada”, pontuou.

Também foram discutidas ações para o semiárido da Bahia. Os secretários conheceram as ações do programa Viver Bem no Semiárido, que ensina aos produtores como manter a produção e rentabilidade da propriedade com ações simples e de baixo custo, como a reserva estratégica de alimentos. “Essa é mais uma ação que prova que a assistência técnica é fundamental para a produção do campo. E foi uma inovação adotada aqui na Bahia e que hoje já acontece em todo o país”, explicou Humberto Miranda, vice-presidente da FAEB.

Como desdobramento do encontro, acontecerá, na próxima semana uma reunião com o corpo técnico das instituições, cujo objetivo será traçar já um possível plano de trabalho em prol do agro baiano.

Federação da Agricultura e Pecuária da Bahia – FAEB / Serviço Nacional de Aprendizagem Rural – SENAR-BA

Fonte : Canal do Produtor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *