Arrozeiro quer antecipar leilões

O Ministério da Agricultura (Mapa) informou ontem que não há previsão de antecipar os mecanismos de comercialização já anunciados para o arroz e que estão previstos em cronograma de abril a junho. O pedido foi feito na segunda-feira pelo setor produtivo ao secretário de Política Agrícola do Mapa, Caio Rocha, em Uruguaiana. Segundo o presidente da Federarroz, Renato Rocha, os arrozeiros querem que o governo antecipe os editais para contratos de opção e PEP, já sinalizados para entre os dias 20 e 30 de abril. "Não podemos esperar até o final do mês. Em algumas localidades, já se está operando abaixo do preço mínimo", alertou.

Fonte: Correio do Povo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *