Arroz: RS deve registrar maior produtividade da história, diz Irga

Segundo a entidade, na fronteira oeste, onde a colheita está prestes a ser concluída, a média é de 9.259 quilos por hectare

A safra de arroz no Rio Grande do Sul deve atingir a maior produtividade desde 1921, quando o estado começou a registrar os dados das colheitas do cereal, estima o Instituto Rio-Grandense do Arroz (Irga).

Segundo a entidade, a fronteira oeste é a mais próxima de terminar as atividades, com 99,9% da área colhida e produtividade de 9.259 quilos por hectare, a maior entre todas as áreas regionais.

O diretor técnico do Irga, Ivo de Melo, explica que o recorde de produtividade se dá por conta da estiagem. “Diferente de outras culturas, o arroz se beneficia da falta de chuvas porque chega maior radiação no arroz irrigado, que processa mais”, explica.

Além de altos níveis de produtividade, os preços do arroz têm sido altos. “Pela primeira vez temos uma safra boa ao produtor que combina com os preços altos”, comenta.

Fonte: Canal Rural

18 de maio de 2020 às 20h16

Por Canal Rural

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *