Aprovada rolagem de dívidas do Pronaf

Fonte:  Valor | De Brasília

O governo quer evitar o alto endividamento da atividade agropecuária e acabou atendendo a um pedido dos agricultores familiares. O Conselho Monetário Nacional (CMN) autorizou os produtores do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf) a renegociar suas operações de custeio e investimento que vencem em 2011. Além disso, o processo foi desburocratizado, permitindo a renegociação simplificada das operações de crédito rural anteriores à safra 2010/11.

Os produtores beneficiados precisam ter três ou mais operações de crédito rural vencidas ou a vencer este ano e têm de demonstrar a incapacidade de efetuar o pagamento dos débitos para terem acesso ao benefício. "Estamos alongando a dívida para evitar que o agricultor seja penalizado. A mudança pretende dar condição para que um grupo pequeno de agricultores que tem dificuldade de pagamento possa renegociar suas dívidas e conseguir acessar os recursos do plano de safra que acabamos de lançar", diz o secretário de Agricultura Familiar do MDA, Laudemir Müller.

O sistema simplificado permite a substituição de laudo técnico por apenas uma declaração do produtor que comprove a incapacidade de pagamento. "Antes era exigido um laudo técnico do produtor, o que era complicado. Agora o processo foi facilitado e os agricultores podem resolver sua situação de maneira mais fácil", afirma Müller.

A Secretaria de Agricultura Familiar vê a mudança como uma antecipação a um problema. "Existem alguns poucos casos em que os agricultores familiares estão com acúmulo de financiamentos. Caso haja um aumento de parcelas sem pagamento, estamos orientando que eles procurem os bancos". (TV)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *