Aposta na irrigação eleva financiamento

A necessidade de recuperar perdas com a estiagem motivou um reforço na oferta de crédito para a Expointer. Pelo menos três instituições financeiras pretendem aproveitar a valorização das commodities para ampliar os recursos disponíveis durante a feira.
Além da modernização das máquinas, a expectativa é de que os recursos sejam aplicados em irrigação e armazenagem. Juntos, Banrisul, Banco do Brasil (BB), Badesul e Sicredi devem alcançar volume de pelo menos R$ 865 milhões. A quantia pode ser ainda maior. Segundo o superintendente regional do BB, José Carlos Reis da Silva, os cerca de R$ 300 milhões liberados na edição do ano passado deverão ser superados durante a exposição deste ano.
O Sicredi aponta a preocupação com a estiagem como motivo de maior investimento dos produtores, que buscarão mais financiamento. O banco oferecerá R$ 200 milhões, aumento de R$ 50 milhões em relação a 2011.
– É preciso buscar alternativas para evitar o risco climático. Acreditamos que a irrigação será uma das prioridades – disse o gerente de crédito rural do Sicredi, Antonio Senger.
Com 10% a mais de volume de crédito em relação ao ano passado, o Banrisul também aposta que a irrigação será prioridade, por meio do programa Mais Água, Mais Renda, em convênio com o governo estadual. Para a compra de matrizes e reprodutores, o banco terá limite de R$ 100 mil por produtor e juro de 5,5% ao ano.
O Badesul manteve os R$ 200 milhões em crédito, mas ampliará seu espaço na Expointer, aproximando-se da área das máquinas e implementos como estratégia para facilitar o acesso do agricultor aos recursos.
– Produtores que conseguiram diminuir as perdas querem aproveitar a boa fase e investir. Não vejo clima de pessimismo, e dinheiro não será problema – aposta o diretor presidente do Badesul, Marcelo Lopes, ao observar que o banco tem limite de R$ 1,8 bilhão em recursos.
O lançamento oficial da feira ocorreu ontem. A 35ª Expointer será realizada de 25 de agosto a 2 de setembro.

Fonte : Zero Hora

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *