Apoio à safra dobra subsídios no país

Impulsionados por programas agrícolas e ações do BNDES, os subsídios federais mais do que dobraram em 2012. Segundo dados do Tesouro Nacional, os gastos líquidos totalizaram R$ 3,32 bilhões de janeiro a março, contra R$ 1,552 bilhão no mesmo período de 2011, um aumento de 114%. O crescimento foi liderado pela formação de estoques agrícolas. O Programa de Aquisição do Governo Federal (AGF), por meio do qual o governo compra do agricultor quando o preço de mercado está abaixo do mínimo, executou R$ 921,5 milhões a mais no primeiro trimestre.
O segundo maior responsável pela expansão foi o Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf), que fornece crédito a pequenos produtores e assentados da reforma agrária. Os gastos líquidos saltaram de R$ 988,2 milhões nos três primeiros meses de 2011 para R$ 1,614 bilhão no mesmo período deste ano, alta de R$ 626,5 milhões.

Fonte: Correio do Povo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *