Ante embargo russo, até Albânia vira alento

Luis Ushirobira/Valor / Luis Ushirobira/Valor
Mendes Ribeiro: "Você nunca sabe quais são os critérios dos técnicos russos"

O ministro da Agricultura, Mendes Ribeiro, não demonstrou entusiasmo com a última visita veterinária russa aos frigoríficos brasileiros, encerrada na semana passada. Os russos apresentarão os resultados da inspeção dentro de 20 e 30 dias. "Você nunca sabe quais são os critérios deles. Uma hora é por Estado, outra é por frigorífico", reclamou o ministro ontem, após participar do 11 º Congresso Brasileiro do Agronegócio, realizado em São Paulo.

Ribeiro disse, porém, que ainda não tem "condições técnicas" para precisar qual será novo o posicionamento da Rússia. O país impõe um embargo a dezenas de estabelecimentos exportadores de carnes há mais de um ano. Diante do impasse, o ministro sugeriu que o Brasil aposte na abertura de novos mercado. "Recentemente, abrimos a Albânia. Não é grande, mas é um mercado", afirmou ele.

Também presente ao encontro, o presidente do Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Luciano Coutinho, disse que o setor de lácteos ainda é um dos "elos fracos" do agronegócio brasileiro. Por conta disso, a produção de leite deve contar com o suporte do banco estatal para se consolidar. "Nosso setor de lácteos precisa avançar em qualidade e produtividade", enfatizou Coutinho.

Além desse segmento, a produção de pescados também receberá aportes do banco. Coutinho disse não entender como o Brasil, "que possui um imenso reservatório de água doce" não transformou a pesca num mercado relevante, especialmente para as exportações. "As grandes empresas de proteína animal precisam olhar a aquicultura como um grande negócio", afirmou o presidente do BNDES.

© 2000 – 2012. Todos os direitos reservados ao Valor Econômico S.A. . Verifique nossos Termos de Uso em http://www.valor.com.br/termos-de-uso. Este material não pode ser publicado, reescrito, redistribuído ou transmitido por broadcast sem autorização do Valor Econômico.
Leia mais em:

http://www.valor.com.br/empresas/2778352/ante-embargo-russo-ate-albania-vira-alento#ixzz22rjM9Mco

Fonte: Valor | Por Luiz Henrique Mendes | De São Paulo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *