ANÁLISE – Com exportações em alta, preços do açúcar devem seguir elevados

As vendas externas do produto cresceram 118,8% em agosto em relação ao mesmo mês do ano anterior, com avanço de 64,0%

A tendência é de alta dos preços do açúcar no mercado interno, com as cotações balizadas pelas cotações externas mais firmes, alta do dólar no Brasil e forte avanço das exportações em 2020, segundo análise feita pela Cogo – Inteligência em Agronegócio.

O Indicador do açúcar cristal CEPEA/ESALQ (cor Icumsa de 130 a 180) está cotado a R$ 86,27 por saca de 50 Kg, acumulando uma alta de 4,0% nos últimos 30 dias e de 40,9% nos últimos 12 meses. Nesta safra 2020/2021 (iniciada em abril/2020), os preços do açúcar cristal no mercado spot em São Paulo continuam acima dos registrados na temporada anterior, diante do bom desempenho das exportações brasileiras de açúcar.

As vendas externas do produto cresceram 118,8% em agosto em relação ao mesmo mês do ano anterior, com avanço de 64,0% entre janeiro e agosto de 2020, em comparação com o mesmo intervalo do ano passado, com embarques de 17,886 milhões de toneladas. O mercado doméstico segue mostrando vantagem sobre o externo há quatro semanas, com as vendas do açúcar no mercado spot de São Paulo remunerando 12,1% a mais do que as vendas externas.

Por Canal Rural

Fonte : Canal Rural

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *