Analistas preveem queda na estimativa de estoques de milho dos EUA

O Usda deve atualizar as previsões de oferta e demanda por commodities nesta quarta-feira (12/6)

por Estadão Conteúdo

Marcelo Min

A expectativa é de que o governo norte-americano preveja estoques finais de milho de 1,758 bilhão de bushels (44,65 milhões de toneladas) (Foto: Marcelo Min/Ed. Globo)

Analistas preveem que o Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (Usda) cortará, nesta quarta-feira (12/6), sua projeção para os estoques finais domésticos de milho em 2013/2014, porque os atrasos no plantio da nova safra devem reduzir o tamanho da produção. O Usda atualizará suas estimativas de oferta e demanda por commodities como milho, soja e trigo.
A expectativa é de que o governo norte-americano preveja estoques finais de milho de 1,758 bilhão de bushels (44,65 milhões de toneladas) em 31 de agosto de 2014, encerramento do ano comercial 2013/2014, abaixo dos 2,004 bilhões de bushels (50,90 milhões de toneladas) estimados em maio, de acordo com analistas ouvidos em levantamento feito pela Dow Jones.
Analistas também esperam que o Usda projete estoques de milho de 748 milhões de bushels (19 milhões de toneladas) no fim do ano comercial 2012/2013, abaixo da previsão de 759 milhões de bushels (19,28 milhões de toneladas) feita pelo governo norte-americano no mês passado.

Soja

Para a soja, os analistas em média esperam que o Usda projete estoques domésticos no final da temporada 2013/2014 de 273 milhões de bushels (7,43 milhões de toneladas), acima de última previsão do órgão, de 265 milhões de bushels (7,21 milhões de toneladas). A média das projeções aponta que o Usda estimará os estoques finais 2012/2013 de soja dos EUA em 125 milhões de bushels (3,40 milhões de toneladas), número inalterado em relação à última previsão.
Analistas relataram ainda que estão atentos para ver se o Usda citará o atraso no plantio da soja nos EUA como uma preocupação.

Trigo

Para o trigo, analistas, em média, projetam que o Usda irá prever estoques finais domésticos de 634 milhões de bushels em 2013/2014 (17,26 milhões de toneladas), abaixo da última estimativa do órgão, de 670 milhões de bushels (18,24 milhões de toneladas).
A redução ocorreria devido a uma combinação de lavouras de trigo de inverno em situação ruim prestes a serem colhidas e atrasos no plantio de trigo de primavera no norte das Grandes Planícies, disseram analistas.
O Usda também deve estimar estoques finais 2012/2013 de trigo dos EUA em 734 milhões de bushels (19,98 milhões de toneladas), ligeiramente acima da previsão anterior do órgão, de 731 milhões de bushels (19,90 milhões de toneladas).
Analistas consultados projetaram, em média, que o governo norte-americano estimará a safra 2013/2014 de trigo do país em 2,026 bilhões de bushels (55,14 milhões de toneladas), abaixo da projeção anterior de 2,057 bilhões de bushels (55,99 milhões de toneladas).
Com informações da Dow Jones Newswires

Fonte: Globo Rural

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *