ALTA DOS COMBUSTÍVEIS – Bolsonaro promete zerar impostos federais no diesel

O presidente falou que vai tirar os tributos a partir de 1º de março e fez duras críticas à Petrobras

O presidente Jair Bolsonaro anunciou nesta quinta-feira, 18, durante uma live pelas redes sociais que irá zerar por dois meses, a partir de 1º de março, os impostos federais que incidem sobre o óleo diesel.

  • “A partir de 1º de março não haverá qualquer imposto federal no diesel. Nesses dois meses, vamos estudar uma maneira definitiva de zerar esse imposto até para ajudar a contrabalancear esse aumento excessivo da Petrobras”, disse.

    O presidente ainda criticou a Petrobras. ” Se você vai pra cima da Petrobras, ela fala: opa, não é obrigação minha. Ou como disse o presidente da Petrobras [Roberto Castello Branco] outro dia: eu não tenho nada a ver com caminhoneiro, aumento de preço”, completou.

    Apesar de afirmar que a empresa tem autonomia, Bolsonaro disse que “alguma coisa vai acontecer na Petrobras nos próximos dias. Tem que mudar alguma coisa”.

    Série de aumentos

    A Petrobras anunciou o quarto aumento de preço da gasolina em 2021 e o terceiro do diesel O reajuste da gasolina foi de 23 centavos por litro e, do diesel, de 34 centavos. Desde o dia primeiro de janeiro a companhia já reajustou em 34,78% o preço da gasolina nas refinarias e em 27,72% do diesel. Em nota, a Petrobras informou que os valores estão alinhados com o mercado internacional e que a mudança nos preços se fizeram necessárias para garantir o abastecimento do mercado brasileiro.

    Em seu comentário no Rural Notícias, pouco antes da live de Bolsonaro, Miguel Daoud falou que é o momento de o Brasil decidir o que vai fazer com a Petrobras  e que é errado ficar tentando valorizar a empresa para vender às custas da economia nacional. “Hoje, essas empresas como a Petrobras são usadas como arrecadação tributária para o governo. Mas, do outro lado, diz que a empresa precisa praticar o preço do mercado internacional. No entanto, o preço de um barril refinado de petróleo no Brasil é de US$ 15 e nós estamos calculando esse combustível como US$ 63. Vão dizer que a Petrobras é uma empresa com acionistas, os acionistas não podem ser prejudicados. No entanto, o lucro da Petrobras é 47%, além dos impostos. O lucro vai majoritariamente para o governo”, explicou.

    A solução, segundo ele, não é diminuir arbitrariamente o preço dos combustíveis. “Não vou propor fazer o que a Dilma fez, mas será que é o momento de vender as refinarias? Será que queremos a Petrobras privatizada? Com o impacto do dólar e do petróleo, não tem economia que aguente. Paulo Guedes, vende as refinarias, vende a Petrobras. Mas não fique em cima do muro, é preciso se definir”, concluiu.

    Por Canal Rural

    Fonte :Canal Rural

    Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *