Alerta para granizo em áreas produtoras do Sul nesta sexta-feira, dia 17

No fim de semana, uma nova frente fria se forma e vai potencializar a chuva na região

granizo

Pryscilla Paiva, editora de Tempo do Canal Rural
Atenção para as áreas do norte do Rio Grande do Sul ao Paraná nesta sexta-feira, dia 17. Os ventos que sopram em altos níveis da atmosfera e mais uma região de baixa pressão próxima a Mato Grosso do Sul favorecem as pancadas de chuva no final do dia, com chance de queda de granizo. Há potencial para rajadas de vento na costa de 50 km/h e, no interior do Paraná, de até 60 km/h. O mar segue agitado e, de acordo com a Marinha, há chance de ressaca desde Florianópolis (SC) até Paranaguá (PR), com ondas de até 2,5 m de altura.

Já no restante do Rio Grande do Sul e na região central de Santa Catarina, o dia será ensolarado por influência da massa de ar seco. Na região costeira, do norte gaúcho ao Paraná, a umidade que vem do oceano garante muitas nuvens ao longo do dia, chance de chuva e poucos períodos de sol. Destaque para o aumento de nebulosidade no leste do Rio Grande do Sul, incluindo Porto Alegre, garantindo um dia de tempo firme, porém com grande variação de nuvens.
No sábado, dia 18, o tempo firme ainda predomina do centro do Rio Grande do Sul ao norte do Paraná. Instabilidades vindas do oceano mantêm o risco para chuva ao longo do dia da costa gaúcha à faixa leste paranaense, com tempo bastante encoberto. 
Novas áreas de instabilidades associadas a uma outra frente fria se aproximam do Rio Grande do Sul, especialmente nas áreas de fronteira com o Uruguai, onde são esperadas pancadas de chuva isoladas a partir da noite. No litoral da região os ventos são fortes e as rajadas ficam em torno de 60 km/h.

No domingo, dia 19, a frente fria avança ainda mais pela região Sul e espalha instabilidades pelos três estados. Chove em todo o Rio Grande do Sul e em Santa Catarina; já , e no Paraná as pancadas ficam restritas ao leste e sul do estado, desta vez por influência de uma região de baixa pressão que se forma na costa catarinense. A massa de ar seco atua apenas no centro e no norte do Paraná, e garante um dia marcado por sol e poucas nuvens.

Redação – Canal Rural

Fonte : Canal Rural