Ajuste do código mobiliza governo

Estudantes voltaram a exigir que Dilma vete o Novo Código Florestal<br /><b>Crédito: </b> VALTER CAMPANATO / ABR / CP

Estudantes voltaram a exigir que Dilma vete o Novo Código Florestal
Crédito: VALTER CAMPANATO / ABR / CP

Após 2 horas reunido com a presidente Dilma Rousseff, o ministro da Agricultura, Mendes Ribeiro Filho, deixou o gabinete às 21h, calado. O assunto foi o Novo Código Florestal, que ontem provocou protesto de estudantes em Brasília. A quatro dias do prazo final para Dilma decidir se aprova ou veta o texto chancelado no Congresso, integrantes do primeiro escalão dizem que a análise tem sido ponto a ponto do documento.
Ao contrário de Mendes, o ministro do Desenvolvimento Agrário, Pepe Vargas, se posicionou sobre o assunto. Apesar da decisão final caber à presidente, Pepe Vargas avaliou que a proposta produzida no Senado era mais equilibrada do que a versão final aprovada na Câmara dos Deputados. Segundo ele, o primeiro reconhecia a necessidade de se diferenciar as pequenas das grandes propriedades.
Por isso, diz Pepe Vargas, o governo está fazendo uma análise detalhada, observando aquilo que pode permanecer no texto e aquilo que não cabe ser mantido. "Só depois é possível avaliar se é veto total ou parcial", disse.

Fonte: Correio do Povo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *