AGRONEGÓCIO – Contratações no Plano Safra sobe 6%

As contratações de crédito rural do Plano Safra 2018/19, que se encerra neste mês, atingiram R$ 158,7 bilhões no intervalo entre julho de 2018 e maio deste ano, um avanço de 6% em relação a igual período do ano anterior, informou nesta segunda-feira o Ministério da Agricultura.

O ministério destacou um aumento significativo nas contratações para investimentos, que avançaram 17% ante a safra anterior, para 40 bilhões de reais, enquanto os desembolsos para custeio, que ocupam a maior parte do plano, foram de R$ 88,3 bilhões, alta de 6%.

"De acordo com Eduardo Sampaio Marques, secretário de Política Agrícola do Mapa, a demanda por recursos nos programas de investimento com expansão de 17% é um indicador da confiança do produtor rural em relação às perspectivas de mercado", menciona o ministério em nota. Segundo a pasta, ainda foram destinados R$ 6,6 bilhões para industrialização (alta de 1%), R$ 23,8 bilhões para comercialização (recuo de 9%) e R$ 28,5 bilhões para a Letra de Crédito do Agronegócio (LCA).

Perto do encerramento da atual edição, o Plano Safra vive impasse para 2019/20. Inicialmente marcado para 12 de junho, o anúncio foi adiado por atrasos na votação de créditos suplementares solicitados pelo governo na Comissão Mista de Orçamento (CMO).

O Plano Safra 2019/20 está pronto e poderá ser lançado tão logo ocorra a votação no Congresso de um pedido do governo de R$ 248,9 bilhões em crédito suplementar, afirmou nesta segunda-feira a ministra da Agricultura, Tereza Cristina. Segundo o presidente Jair Bolsonaro, o Plano Safra corre riscos se a medida, que pede um crédito de R$ 248,9 bilhões e está fora da "regra de ouro", se não for votada em breve.

Café

Os exportadores de café do Brasil embarcaram 3,19 milhões de sacas de 60 kg de café verde em maio, 114% a mais que em igual período do ano passado, conforme a grande oferta local permitiu um contínuo crescimento nos volumes mensais de exportação.

Conforme relatório divulgado ontem pelo Conselho dos Exportadores de Café do Brasil (Cecafé), o País, maior produtor mundial, exportou 2,82 milhões de sacas de café arábica em maio, 95% acima de maio de 2018, enquanto os embarques de robusta saltaram mais de 700%, para 376.257 sacas, confirmando expectativas.

DA REDAÇÃO E REUTERS • SÃO PAULO

Fonte : DCI