AGRISHOW | Lavoura, pecuária e floresta integradas

Apontada como a revolução verde do agronegócio brasileiro, a integração entre lavoura, pecuária e florestas começa a sair do anonimato nas áreas de pastagens degradadas. Pela primeira vez em 20 anos, os arranjos possíveis dos sistemas ocuparam espaço na Agrishow, principal feira agrícola da América Latina.
Em 16 hectares com lavoura, floresta e animais, milhares de visitantes assistiram a demonstrações de campo sobre técnicas de integração entre as atividades. Conforme a Embrapa, apenas 2 milhões de hectares no país adotam as atividades de forma paralela ao longo do ano.
– Se conseguirmos chegar a extensão possível, iremos triplicar a produção de grãos e de carnes no país – afirma João Kluthcouski, pesquisador da Embrapa.
Conforme o pesquisador, os benefícios da integração vão desde a redução do risco da produção de grãos até o aumento do valor agregado do boi gordo e das culturas.
– O pecuarista ainda é resistente. Mas, em 10 anos, no máximo, quem vai criar gado será o agricultor. A pecuária sozinha têm custos altos de produção – diz o pesquisador.

image

Fonte: Zero Hora

Compartilhe!