AGRICULTURAAGRICULTURANOTÍCIAS – RECURSOS – Governo libera R$ 52 milhões para extensão rural

Fonte:Instituto Abaitará/Divulgação

O dinheiro deve favorece cerca de dois mil municípios, mas o setor acredita que não é o suficiente e cobra atuação de agência criada há três anos

 

O governo federal liberou R$ 52 milhões para as empresas de assistência técnica e extensão rural de todo o país em cerimônia realizada em Brasília, nesta quinta-feira, dia 8. A verba será utilizada para a compra de dois mil veículos e outros dois mil computadores para entidades de todos os estados e o Distrito Federal.

O dinheiro deve favorece cerca de dois mil municípios, mas o setor acredita que não é o suficiente e cobra a atuação da Agência nacional de Assistência Técnica e Extensão Rural (Anater), agência criada há três anos e que ainda não saiu do papel.

Segundo o secretário especial da Agricultura Familiar, José Ricardo Roseno, o recurso deve ser depositado ainda em 2016. “Todos esses instrumentos já foram empenhados no dia 2. Temos financeiro e vamos depositar o recurso até o final do ano, ou seja, aqueles estados que possuem ata de registro de preço já começam a fazer as aquisições ainda este ano. A ideia é que realmente 2017 seja o ano da assistência técnica e extensão rural”, falou.

A Associação Brasileira das Entidades Estaduais de Assistência Técnica e Extensão Rural (Asbraer) quer traçar o perfil dos agricultores assistidos para apresentar resultados e buscar mais apoio e recursos.

O presidente da Asbraer, Argileu Martins, diz que trabalha para aumentar a eficiência e garantir, entre outras coisas, a geração de empregos. “Além do número de agricultores, quantidade de crédito e a inovação que nosso trabalho promove no campo, nós queremos apresentar para a sociedade resultados de empregos e de renda que através da nossa ação do serviço das Emateres acontecem no interior do Brasil”, disse.

Martins era o indicado para ocupar a presidência da Anater, mas recusou o convite. A agência continua sem presidente desde a demissão de Paulo Guilherme Cabral, em junho. A promessa é que, nos próximos dias, alguém seja nomeado para o cargo.

  • Rafael Walendorff | Brasília (DF)
  • Fonte : Canal Rural

Compartilhe!