AGRICULTURA – TECNOLOGIA – Política de irrigação está há dois anos sem sair do papel

Governo, pesquisadores e movimentos sociais discutem em seminário em Brasília principais pontos para que a legislação seja posta em prática

VÍDEOS RELACIONADOS
Política de irrigação está há 2 anos só no papel
NOTÍCIAS RELACIONADAS
Setor de cana precisa de R$ 4 bilhões para irrigação
Congresso garante recursos à irrigação no Nordeste e Centro-Oeste
A regulamentação da lei sobre irrigação está sendo discutido nesta semana em um seminário em Brasília, com participação de representantes do governo federal, de movimentos sociais e de institutos de pesquisa. A legislação sobre o assunto foi sancionada em 2013, mas ainda não saiu do papel.

Foram debatidos no encontro os principais pontos necessários para que a lei seja colocada em prática, além de alternativas para locais onde não é possível implantar projetos de irrigação. No Semiárido, por exemplo, apenas 3% da área podem ser irrigados.

No Brasil, são mais de 60 milhões de hectares com potencial de irrigação, no entanto, apenas 6,2 milhões contam com a tecnologia.

Segundo o Ministério da Integração Nacional, entre as vantagens da agricultura irrigada está o aumento da produção de alimentos. Isso porque os produtores de sequeiro, que dependem da chuva, poderiam produzir quase quatro vezes mais, caso tivessem as lavouras irrigadas.

Fonte : Canal Rural

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *