AGRICULTURA – ORGÂNICOS – Conheça o aplicativo Mapa de Feiras Orgânicas

Fruto da campanha Brasil Saudável e Sustentável, parceria com o MDS, app gratuito facilita o acesso a alimentos orgânicos e agroecológicos

O Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor lançou, no último dia 15, em comemoração ao Dia Mundial do Consumidor, o aplicativo Mapa de Feiras Orgânicas, fruto de uma parceria com a campanha Brasil Saudável e Sustentável, do Ministério do Desenvolvimento Social (MDS).

“O objetivo do aplicativo é facilitar ainda mais a vida dos consumidores que procuram alimentos orgânicos a preços mais acessíveis, produzidos localmente e comprados diretamente do produtor”, afirma Ana Paula Bortoletto, nutricionista e pesquisadora do Idec. O aplicativo é gratuito e já está disponível para Android. Em breve, também estará disponível para iOS.

O aplicativo traz novidades em relação ao site Mapa de Feiras Orgânicas, lançado em 2012 pelo Idec e uma das páginas mais acessadas de seu portal, com 11.500 visitas únicas por mês, em média.

A localização é georreferenciada, identificando os pontos de venda próximos ao local em que o usuário está no momento e permitindo traçar rotas até a feira escolhida. O app também reúne receitas saudáveis e sustentáveis com alimentos regionais.

“A atualização dos dados do mapa é feita de forma colaborativa. Produtores e consumidores podem cadastrar novas feiras ou atualizar informações dos locais já existentes para nos ajudar a manter as informações sempre em dia”, informa Ana Paula. 

O app ainda não inclui os grupos de consumo de produtos orgânicos, nem a lista de agricultores e associações ou cooperativas de produtores, mas essas informações estão disponíveis no site e serão incluídas posteriormente.

Mais orgânicos 
O aplicativo Mapa de Feiras Orgânicas é mais uma iniciativa do programa do Idec sobre alimentação saudável e sustentável, que tem entre os objetivos prioritários facilitar o acesso a alimentos orgânicos e agroecológicos, informar e mobilizar os consumidores sobre os benefícios do consumo desse tipo de alimento para a saúde e para o meio ambiente.

Divulgação/Idec

Fonte: Canal Rural

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *