AGRICULTURA – FEIRA – FeniCafé apresenta tecnologia de irrigação para cafeicultores em MG

Especialista diz que a irrigação consegue tornar a atividade mais estável e resistente a crises hídricas

VÍDEOS RELACIONADOS
Café: feira defende o uso de irrigação na lavoura
NOTÍCIAS RELACIONADAS
Consumo global de café cresce 1,2% em 2015, diz OIC
A utilização da irrigação nas lavouras de café ainda é pouco utilizada e chega a 10% no Brasil. Assim, 30% de todo café produzido no país saem dessas lavouras. O assunto foi debatido na Feira Nacional de Cafeicultura Irrigada (FeniCafé), evento que ocorre em Araguari (MG).

“A feira é importante para mostrar ao produtor rural que é possível sobreviver às crises, principalmente a crise hídrica. Não é que vai resolver todos os problemas, mas a irrigação consegue tonar o agronegócio do café muito mais estável e sobrevive a uma crise hídrica como essa que estamos passando”, destaca o coordenador técnico da FeniCafé, André Fernandes.

Café: feira defende o uso de irrigação na lavoura
O evento também apresenta tecnologia. Um produto que será lançado na feira vai mostrar um sistema inédito de monitoramento da lavoura via web. Sensores instalados na lavoura emitem informações por rádio direto do campo para o celular do produtor.

“O produtor tem a informação em tempo real do resultado do manejo da irrigação via tensiometria, por exemplo, a qualquer momento de qualquer lugar, tomando decisões imediatas de como melhorar todo o processo para que a planta tenha um ambiente favorável”, explica o gerente de automoção da empresa, Bruno Tonielo.

Reuters / Paulo Whitaker

Fonte : Canal Rural

Compartilhe!