AGRICULTURA DIGITAL – SENAR-MT participa do Congresso Sul Americano de Agricultura de Precisão e Máquinas Precisas

Uma equipe do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural de Mato Grosso (SENAR-MT) participa nesta semana do 4º Congresso Sul Americano de Agricultura de Precisão e Máquinas Precisas (APSUL), realizado no município de Não Me Toque (RS). O tema principal desta quarta edição é a "Agricultura Digital: Inovação para a eficiência e a preservação da produtividade".

O APSUL América tem como objetivo divulgar os avanços alcançados pela agricultura de precisão, aproveitando a posição geográfica do Rio Grande do Sul, para intensificar o intercâmbio com países vizinhos como Argentina, Uruguai, Paraguai e Chile.  Em um ambiente de inovação e de busca constante de eficiência nos processos que interferem na produtividade agrícola, a solução de um problema não tem fronteiras, e o conhecimento de como estes países vizinhos estão solucionando seus desafios pode ser inspirador para ajudar a solucionar as dificuldades das lavouras brasileiras.

O evento reúne representantes de todos os elos da cadeia produtiva. A ideia é disseminar as informações. "Assim sendo, é possível encurtar o longo caminho da geração da inovação até sua aplicação no processo produtivo", ressalta o coordenador técnico do APSUL América, professor Telmo Amado (UFSM), um dos principais colaboradores para a organização da programação do evento. "A troca de experiência é uma outra característica importante do evento, permitindo que produtores e consultores tenham contato direto com fornecedores de insumos e soluções tecnológicas. Essa troca de experiência pode resultar em aperfeiçoamentos tanto nas máquinas, quanto nos insumos".

Na sua quarta edição, o APSUL América se concentra no futuro da agricultura, ou seja, desvendar o que está por vir na próxima década. A agricultura de precisão vem experimentando várias fases, e encontra-se atualmente numa fase em que será fortemente impactada pelas soluções digitais.

Nesta edição estão sendo apresentadas soluções para diversos assuntos. Dentre eles, para pecuária de precisão, silvicultura de precisão, fruticultura de precisão e mesmo apicultura de precisão, demonstrando que as soluções tecnológicas estão alcançando praticamente todos os ramos do agronegócio.

O investimento no desenvolvimento de novas máquinas e novos produtos tecnológicos tem sido muito grande na última década. Durante o evento, novas plataformas de agricultura que consideram o clima no processo de tomada de decisão; novas soluções para a distribuição precisam de sementes e de insumos; controle preciso de ervas daninhas e a reastreabilidade de sementes estão sendo apresentadas.

Mas há espaço para as incubadoras e startups apresentarem suas soluções, sendo que, mesmo com um investimento restrito, existe a possibilidade de emergir importantes soluções para o agronegócio. Em um ambiente tecnológico a solução pode surgir de um longo processo de pesquisa e desenvolvimento como de uma ideia totalmente inovadora.

O saldo do evento é um olhar sobre as novas soluções para o agronegócio, possibilitando um ambiente de interação entre os diferentes atores da cadeia produtiva. Com a consolidação da importância do agronegócio para a economia e desenvolvimento do Brasil, o investimento em inovação e desenvolvimento tecnológico é estratégico para o setor que busca mais do que a expansão horizontal (incorporação de novas áreas); a verticalização com sustentabilidade.

Para saber tudo o que aconteceu no 4º Congresso Sul Americano de Agricultura de Precisão e Máquinas Precisas (APSUL) acesse: http://apsulamerica.com.br/category/noticias/

Assessoria de Imprensa

Fonte: Sistema Famato