Agricultores ocupam prédio do Ministério do Desenvolvimento Agrário

Grupo de cerca de 200 pessoas está em frente ao edifício na área central de Porto Alegre

Agricultores ocupam prédio do Ministério do Desenvolvimento Agrário<br /><b>Crédito: </b> Luiz Fernando Boaz / Fetag / Divulgação / CP

Agricultores ocupam prédio do Ministério do Desenvolvimento Agrário
Crédito: Luiz Fernando Boaz / Fetag / Divulgação / CP

Cerca de 200 agricultores ligados à Federação dos Trabalhadores na Agricultura no Rio Grande do Sul (Fetag) ocupam desde as 7h desta terça-feira o prédio onde fica a Delegacia Federal do Ministério do Desenvolvimento Agrário na avenida Loureiro da Silva, 515, em Porto Alegre. 
De acordo com o assessor de política agrária da Fetag, Charle Capeletti, o ato não impede funcionários e servidores de ingressarem no prédio, onde também funciona o Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra). Segundo Capeletti, uma comissão quer entregar a pauta de reivindicações dos pequenos agricultores ao delegado fazendário Marcos Regelin. 
Os agricultores reivindicam a retomada das contratações do Programa Nacional de Crédito Fundiário, que financia a compra de pequenas áreas rurais e que estaria suspenso desde janeiro. Eles também solicitam a renegociação das dívidas para aqueles que estão inadimplentes. Segundo Capeletti, há cerca de 6,4 mil trabalhadores do campo nessa situação e que, por questões burocráticas, não conseguem pagar as dívidas junto ao Banco do Brasil e à Caixa Econômica Federal, e ficam impedidos de financiar o plantio para a nova safra. 
O grupo deve serguir no local até ser recebido. Há, no Rio Grande do Sul, 350 sindicatos filiados à Fetag, representando cerca de 360 mil famílias.

Fonte: Correio do Povo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *