Agricultores investem em irrigação para produzir maracujá na BA

Houve redução da área plantada em Livramento de Nossa Senhora.
Diminuição foi provocada pela escassez de água na região.

Do Globo Rural

Os agricultores estão investindo e  irrigação para garantir a produção de maracujá de Livramento de Nossa Senhora, na Bahia. A escassez de água provocou a necessidade de redução da área de cultivo na região.

O maracujá é a única cultura da região que ainda resiste à falta de chuva. Segundo a EBDA, desde outubro de 2012 foram registrados 400 milímetros de chuva. A média esperada para o período era de 650 milímetros.

Cerca de cinco mil famílias trabalham no cultivo do maracujá em Livramento de Nossa Senhora, na Bahia. Mas houve grande redução da área plantada com o longo período de estiagem. De 18 mil hectares, hoje a área não passa de oito mil, com redução de mais de 50%. A diminuição da área plantada é reflexo direto do baixo índice de umidade. Os produtores ficaram restritos à área que conseguem manter em produção.

O agricultor Reine Souza investiu no sistema de irrigação por gotejamento para aliviar a seca na fazenda. A água, que vem de um poço artesiano perfurado há dois anos, garantiu a colheita de cerca de 80 mil quilos de maracujá em três hectares de plantação nos últimos quatro meses e ainda rendeu trabalho para seis famílias.

A irrigação é uma alternativa utilizada por mais de 90% dos produtores. É recorrendo aos poços artesianos que a região ainda se destaque na produção do fruto. Nesta safra, serão produzidas 120 mil toneladas de maracujá.

A irrigação constante garante a produção do maracujá durante o ano todo. O quilo da fruta na região de Livramento de Nossa Senhora está valendo cerca de R$ 1,30.

Fonte: G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *