Agricultores invadem prédio de ministério

Fonte: Correio do Povo

Manifestação começou ontem à noite e segue hoje em Porto Alegre

 Produtores familiares pedem revisão de dívidas<br /><b>Crédito: </b>  tarsila pereira

Produtores familiares pedem revisão de dívidas
Crédito: tarsila pereira

Pouco mais de cem agricultores ocuparam, na noite de ontem, o prédio do Ministério do Desenvolvimento Agrário, em Porto Alegre. Coordenados pela Fetag, fizeram roda de viola e carreteiro para espantar o frio e anunciaram que não pretendem desocupar o local enquanto a União não der uma solução ao endividamento agrícola, que chega a R$ 8 bilhões no Brasil, sendo R$ 5 bilhões no RS. "Queremos que o governo sinta que a situação está insustentável", disse o vice-presidente da Fetag, Carlos Joel da Silva. Hoje, a vigília continua na Praça da Matriz e em frente a órgãos ligados ao governo, enquanto o tema será abordado, em Brasília, pelos ministérios da Agricultura, Fazenda, Desenvolvimento Agrário e Casa Civil. Segundo Silva, a principal tarefa é demonstrar que os atrasos não resultam de descontrole ou baixa produtividade, mas do clima adverso e de crises de preço. A proposta das entidades é renegociar R$ 458 milhões vencidos ou em negociação com prorrogação por até 15 anos e 30% de desconto. Para contratos em vigor, haveria abatimento de até R$ 12 mil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *