Agosto registra mais de 20 mil focos de queimada em todo o Brasil

Tempo seco contribui para a ocorrência de incêndios, segundo Somar

Charles Guerra

Foto: Charles Guerra / Agencia RBS

Foram registrados, no mês de agosto, mais de 20 mil focos de queimada em todo o país

A semana começa com tempo seco em boa parte do Brasil, de acordo com a Somar Meteorologia. Diferentemente do outono, o inverno mostra-se bem mais seco e, até o momento, o acumulado de chuva é nulo em boa parte do Paraná e de São Paulo, interior de Minas Gerais, todo o Centro-Oeste, leste e sul da Região Norte e no interior e na costa norte do Nordeste.
A falta de chuva contribui para a ocorrência de queimadas. No último domingo, uma queimada destruiu a vegetação na Serra da Moeda, na Grande Belo Horizonte e uma mata às margens de uma via no Distrito Federal. Em Marabá, no Pará, o aeroporto tem registrado baixa visibilidade gerada pela fumaça das queimadas desde o fim da semana passada.
Neste mês, foram registrados mais de 20 mil focos de queimada em todo o Brasil, quase 65% acima do observado no mesmo período do ano passado. As condições não mudam ao longo da segunda, segundo a Somar. De acordo com a previsão, uma grande massa de ar seco continua atuando no interior do Brasil e impede a formação de nuvens de chuva. As temperaturas se elevam no decorrer do dia e a umidade relativa do ar cai, favorecendo mais uma vez novos focos de queimadas na região.
No Nordeste chove apenas no litoral, mas no interior o tempo continua seco. No Sudeste chove apenas no Espírito Santo e norte do Rio de Janeiro. Já na Região Norte, a chuva se estende desde o Acre até Roraima. No Sul, uma frente fria segue provocando chuva no Rio Grande do Sul, inclusive com risco de temporais no Oeste e na Campanha gaúcha ao longo desta segunda.

RURALBR, COM INFORMAÇÕES DA SOMAR

Fonte: Ruralbr

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *