Agência da União Europeia considera seguro milho transgênico da Monsanto

EFSA resolveu analisar o NK603 depois que um estudo que relacionou o produto ao desenvolvimento de câncer

Francine Cadore

Foto: Francine Cadore / Agencia RBS

Polônia chegou a proibir a variedade no país

Alegando interesse público, a agência de segurança alimentar da União Europeia, ou EFSA, liberou para consulta nesta segunda, dia 14, os resultados de uma análise feita com o milho geneticamente modificado NK603, produzido pela norte-americana Monsanto. A entidade considera o alimento seguro para consumo.
A EFSA resolveu analisar o NK603 depois que um estudo da Universidade de Caen relacionou o produto ao desenvolvimento de câncer. O governo da Polônia chegou a proibir a variedade no país. A EFSA diz, no entanto, que o trabalho da universidade apresenta defeitos sérios quanto à metodologia e que o milho não precisa ser reavaliado. A Monsanto cultiva o NK603 em diversos países, incluindo Estados Unidos e Brasil.

Agência Estado

Fonte: Rurabr

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.