AGCO Finance tenta estimular vendas de máquinas agrícolas

A expressiva queda das vendas de máquinas agrícolas no Brasil este ano continua levando empresas do segmento a lançar mão de alternativas para tentar estancar a sangria e promover alguma reação.

Depois de a CNH Industrial, do grupo Fiat, passar a realizar operações de barter com produtores de soja do país envolvendo colheitadeiras da marca New Holland, é a vez da americana AGCO oferecer aos agricultores brasileiros a possibilidade de comprar hoje e pagar em 2017 máquinas das marcas Massey Ferguson e Valtra, entre outras.

A promoção, viabilizada por meio da AGCO Finance – unidade do Banco De Lage Landen Brasil, com sede em Porto Alegre -, foi lançada há cerca de dois meses e deveria terminar nesta segunda-feira, mas deverá continuar de pé pelo menos ao longo de dezembro.

Segundo Simone Scherer, gerente comercial do AGCO Finance, a carência é de até 18 meses, a taxa de juros é de 7,5% ao ano e o prazo de pagamento é de até oito anos. "No momento de crise, temos que ser criativos", afirmou. A instituição não divulga o número de negócios fechados até agora sob essas condições.

Dados da Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos automotores (Anfavea) mostram que as vendas domésticas de máquinas agrícolas (tratores e colheitadeiras) e rodoviárias somaram, no total, 40.644 unidades de janeiro a outubro, uma queda de 31,4% em relação ao mesmo período do ano passado. Em igual comparação, a produção nacional registrou retração de 30,2%, para 50.517 unidades.

Por Fernando Lopes | De São Paulo

Fonte : Valor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *