Adesão ao Suasa limitada às carnes

Fonte:  Correio do Povo

Granja Pinheiros, em Presidente Lucena, foi vistoriada nesta semana<br /><b>Crédito: </b> michele seefeld / divulgação cp

Granja Pinheiros, em Presidente Lucena, foi vistoriada nesta semana
Crédito: michele seefeld / divulgação cp

Apesar da liberação dada pelo Ministério da Agricultura (Mapa) para adesão do RS ao Suasa, somente estabelecimentos que operam com carnes poderão, num primeiro momento, receber aval para comercializar produtos em todo o país. Instrução normativa do Mapa prevê habilitação por áreas, por isso, o credenciamento para leite, ovos, mel e pescados ficou para depois. "Quando algum laticínio quiser se habilitar, teremos que solicitar ao Mapa auditoria para a área", explicou a diretora do Cispoa, Ângela de Souza. Nesta semana, o Mapa veio ao Estado vistoriar a produção de carnes e esteve na Granja Pinheiros, em Presidente Lucena. Representantes do setor lamentaram a limitação, mas consideraram a liberação uma conquista. "É avanço para as indústrias e uma oportunidade de regularização", disse o vice-presidente da Fetag, Carlos Silva.
COMO PARTICIPAR
Empresas Cispoa:
1 – Fazer a solicitação formal;
2 – Ter boas práticas de fabricação implantadas;
3 – Passar por vistorias do nível central da Cispoa para verificação de procedimentos;
4 – Habilitação pela Cispoa.
Municípios:
1 – Ter Serviço de Inspeção Municipal (SIM) implantado;
2 – Fazer a solicitação à Secretária da Agricultura para posterior encaminhamento ao Ministério da Agricultura;
3 – Encaminhar documentação ao Mapa conforme instrução normativa n 36/2011;
3 – Realização de auditoria documental;
4 – Realização da auditoria in loco, no SIM e nas empresas indicadas.
Fonte: Cispoa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *