Acordo contra escorpiões na Ceasa

O Centro Estadual de Vigilância em Saúde (CEVS) e a Ceasa firmaram ontem protocolo de intenções para definir um planejamento de intervenção contra os escorpiões amarelos (Tityus serralatus) encontrados na central na Capital. O alerta surgiu após um atacadista ter sido picado por animal que estava em um carga de hortigranjeiros. Peçonhenta, a espécie preocupa pelo amplo potencial de infestação, já que não precisa de machos para se reproduzir. O plano de trabalho será definido por grupo conjunto. A bióloga Cynthia Silveira, da Divisão de Vigilância Ambiental em Saúde, informa que a única forma viável para eliminar os escorpiões é a captura, o que precisa ser feito com uso de EPIs direto nos locais de esconderijo. Após uma primeira coleta, deverão ser avaliadas novas intervenções. Os escorpiões coletados serão enviados ao Butantan, em SP.

Fonte: Correio do Povo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *