Ações emergenciais contra a seca serão feitas em Caxias

A prefeitura de Caxias do Sul, por meio da secretaria municipal da AgriculturaPecuária e Abastecimento e do Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto (Samae), vai promover novas ações emergenciais contra a estiagem que atinge propriedades rurais no interior do município.Desde o início da seca, o Samae já vem atendendo as famílias do meio rural com abastecimento por meio de caminhões-pipa.

A situação vem se agravando em diversas localidades do interior de Caxias do Sul. “O maior problema é a falta de água para consumo das famílias”, alerta a diretora técnica da secretaria, Neiva Rech. Ela coordena o programa Água Limpa, desenvolvido há muitos anos em parceria com o Samae para promover o abastecimento de água de qualidade e o saneamento no meio rural. “A seca é tão forte que as fontes mais supericiais secaram e até poços artesianos estão sem água”, diz.

Entre as novas ações previstas, os técnicos estudam a utilização de equipamentos que possam amenizar a situação. “Estamos atentos e trabalhando em conjunto para seguir atendendo os agricultores da melhor forma possível. Ainda bem que as represas tem garantido o abastecimento da população na zona urbana, graças às melhorias e investimentos realizados, como por exemplo a barragem do Marrecas”, airma o assessor técnico do Samae, Idair Moschen.

O titular da secretaria municipal da AgriculturaPecuária e Abastecimento, Valmir Susin, também participou da reunião e pediu aos técnicos que viabilizem o quanto antes novas medidas que possam atenuar o sofrimento dos agricultores caxienses.

Os índices de chuva na cidade estão muito abaixo do normal, mas ainda está descartada a possibilidade de racionamento.

Fonte: Jornal do Comércio