Acionista que denunciou insider na Vanguarda Agro é investigado

RIO  -  Juliano Leite Malara, que em 2011 denunciou à Comissão de Valores Mobiliários (CVM) que acionistas relevantes da Vanguarda Agro negociaram ações da companhia com o uso de informação privilegiada, está sendo alvo de um processo na autarquia pela mesma razão.

A CVM abriu um processo administrativo sancionador para apurar eventual uso de informações relevantes ainda não divulgadas em operações realizadas com ações da Vanguarda Agro, além de eventual manipulação de mercado, no período de outubro de 2011 a janeiro de 2012.

Os acusados, além de Malara, são outras duas pessoas físicas, Omar Lopes Fernandes e Marcello Paracchini, que presidiu a Vanguarda Agro. Além deles, também são investigados quatro veículos de investimento: KYWSPE Empreendimentos, Mahi Investment, e os fundos de investimento em participações Vila Rica I e Tiradentes.

Malara era acionista e membro do conselho fiscal da Vanguarda Agro. Na denúncia, conforme reportagem do Valor de 2011, ele afirmava que Helio Seibel, Adriano Xavier Pivetta e Otaviano Olavo Pivetta haviam negociado com açõ es da companhia em “períodos de vedação”, que normalmente antecedem a divulgação de resultados ou outros fatos relevantes.

O Valor entrou em contato com a advogada dos acusados, Maria Isabel do Prado Bocater, mas ainda não obteve resposta sobre pedido de entrevista.

No período apontado para a investigação, a Veremonte, então maior investidora da Vanguarda Agro, havia tomado a decisão de deixar a gestão da empresa, após divergências com Otaviano Pivetta e Helio Seibel a respeito de uma solução para o elevado endividamento da companhia.

A Veremonte havia comprado a Brasil Ecodiesel e depois incorporado ativos dos grupos Maeda e Vanguarda do Brasil, fundada por Otaviano Pivetta. A partir desses três investimentos, nasceu a “nova” Vanguarda Agro.

© 2000 – 2013. Todos os direitos reservados ao Valor Econômico S.A. . Verifique nossos Termos de Uso em http://www.valor.com.br/termos-de-uso. Este material não pode ser publicado, reescrito, redistribuído ou transmitido por broadcast sem autorização do Valor Econômico.
Leia mais em:

http://www.valor.com.br/agro/3365178/acionista-que-denunciou-insider-na-vanguarda-agro-e-investigado#ixzz2mybYXNLv

Fonte: Valor | Por Ana Paula Ragazzi | Valor

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *