Abertura da colheita da uva leva público ao interior do município

Mais de 1.500 pessoas prestigiaram a 10ª Abertura da Colheita da Uva, no 8º distrito, Rincão da Cruz no im de semana. As opiniões destacaram a qualidade da fruta da zona rural de Pelotas. O público compartilhou da animação e aproveitou a oportunidade para adquirir uvas in natura, derivados, produtos das agroindústrias e lanches coloniais.

A solenidade foi aberta por lideranças religiosas: padre Luiz Armindo Capone, reverendo Ubirajara Melo e pastora Iraildes Santoro. O pastor Jorge Signorini também esteve no evento. As palavras remeteram ao evangelho, ao cultivo da terra, à fé e à esperança. A colheita recebeu a bênção e foram dirigidas preces para que a chuva chegue à região, beneiciando agricultores e lavouras.

O representante da Emater Regional, Edgar Martin Nöremberg, lembrou que a uva, na zona rural de Pelotas, era produzida para consumo da família. Hoje, tornou-se uma opção econômica da agricultura familiar.

O chefe geral da Embrapa, Roberto Pedroso, destacou a qualidade da uva local, considerando-a competitiva com a de outros países e regiões do Brasil.

O secretário de Desenvolvimento Rural, Jair Seidel, airmou que a região tem crescido na produção da fruta. "Estamos orgulhosos e felizes em participar de um evento desta natureza. A produção de uva é realidade, com alta tecnologia e apoio técnico da Embrapa e Emater", disse.

A rainha e a princesa da Safra da Uva 2020, Tamires Mattozo e Diana Bohrer, participaram de todo o evento, com boas-vindas ao público. Nos vinhedos da propriedade foi cortada a faixa para simbolizar a abertura da colheita da uva.

Fonte: Jornal do Comércio

Compartilhe!