A rainha do verão

É só uma primeira estimativa. Muita água ou falta dela ainda vai rolar por baixo da ponte até a colheita. As variáveis vão do comportamento do clima ao do mercado ambos sempre muito instáveis. Mas esse primeiro levantamento da Conab já confirma a expectativa inicial de uma supersafra de grãos. Natural, depois da seca que destruiu metade da última safra gaúcha, que os produtores busquem uma compensação para os prejuízos.
A perspectiva de um El Niño (mesmo que fraco) e a chuva dos últimos dias animam os agricultores. Mas o crescimento da área de soja em quase todos os Estados produtores, em detrimento da de milho, mostra que os produtores apostam na continuidade das altas cotações da oleaginosa. Não que o milho não seja uma boa opção. O cereal também tem preços animadores. Mas a soja, pela demanda mundial, pelo preço e pela liquidez, continua imbatível como a rainha do verão.

Fonte: Zero Hora | OLHAR DO CAMPO | Irineu Guarnier Filho

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *