A luta continua

Voltou a chover na horta dos gaúchos. Pode ser uma primeira manifestação do esperado El Niño. Ou não. Uma coisa, porém, é certa: a chuva abundante dos últimos dias não pode servir para desmobilizar governo e produtores do esforço para aumentar a área agrícola irrigada. Foi empolgante a mobilização do campo em torno do tema da irrigação, após a última seca. Mas a chuva farta também contribui para o esquecimento daqueles dias terríveis.
– Só teremos uma safra histórica se, de fato, o El Niño se verificar. Sem água, não haverá grande safra, e a frustração será enorme. Noto, de maneira generalizada, a ausência de providências no que tange à irrigação – comenta o professor Fernando Campos de Souza, entusiasta da agricultura irrigada desde a década de 1940.
Mais cedo ou mais tarde, a seca voltará. Por isso, a mobilização em prol da irrigação não pode arrefecer.

Fonte: Zero Hora | OLHAR DO CAMPO | Irineu Guarnier Filho

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *