"A força do portfólio"

A americana Monsanto anunciou ontem que encerrou seu ano-fiscal 2013 com receita líquida de US$ 14,9 bilhões, um incremento de 10% em relação ao exercício anterior. Segundo a empresa, o crescimento se deveu ao segmento de defensivos e às vendas de sementes de milho A empresa é líder global em transgênicos. No quarto trimestre fiscal, a companhia reportou receita líquida de US$ 2,2 bilhões. O segmento de Sementes e Genômica registrou receita líquida de US$ 1,2 bilhão no trimestre e US$ 10,3 bilhões no ano, alta de 6% frente a 2012. Já a área de Produtividade Agrícola encerrou o quarto trimestre com receita líquida de US$ 1 bilhão, e de US $ 4,5 bilhões no ano. A multinacional, no entanto, teve prejuízo líquido de US$ 249 milhões nos últimos três meses do exercício 2013, mais que em igual período de 2012 (US$ 229 milhões). Para o ano o resultado foi positivo: lucro líquido de US$ 2,5 bilhões, em comparação com os US$ 2,1 bilhões de 2012. Hugh Grant, CEO da Monsanto, destacou "a força do portfólio" da companhia.

Tim Boyle/Bloomberg / Tim Boyle/Bloomberg

© 2000 – 2013. Todos os direitos reservados ao Valor Econômico S.A. . Verifique nossos Termos de Uso em http://www.valor.com.br/termos-de-uso. Este material não pode ser publicado, reescrito, redistribuído ou transmitido por broadcast sem autorização do Valor Econômico.
Leia mais em:

http://www.valor.com.br/agro/3292184/forca-do-portfolio#ixzz2gfEeAJKb

Fonte: Valor |

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *