7ª Reunião do Grupo de Trabalho para Aprimoramento do Selo Combustível Social

A Coordenação-Geral de Agroecologia e Energias Renováveis (CGAER) da Secretaria Especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário (Sead), responsável pela gestão do Selo Combustível Social, realizou nesta quinta-feira (3), a 7ª reunião do grupo de trabalho para discutir melhorias no programa.

O encontro foi marcado por esclarecimentos sobre o Cadastro Nacional da Agricultura Familiar (CAF), com a participação do representante da Coordenação-Geral de Gestão Estratégica, Monitoramento e Avaliação (CGMA), Luiz Humberto, sobre Assistência Técnica e Extensão Rural (Ater), e representantes da Agência Nacional de Assistência Técnica e Extensão Rural (Anater). Foram discutidos os aspectos desses instrumentos no que tange ao Selo Combustível Social. Além disso, também foi apresentado um balanço do selo de 2017, com os dados do número de agricultores, volume e aquisição da agricultura familiar.

Grupo de Trabalho

O Grupo de Trabalho é formado por entidades que compõem a Câmara Técnica de Avaliação e Acompanhamento do Selo Combustível Social, dentre elas as entidades representativas da agricultura familiar Contag, Contraf, Unicafes e as entidades representativas do setor produtivo de biodiesel Ubrabio, Aprobio, Abiove, Pbio e ainda, a Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB).

Este ambiente de discussão é uma importante ferramenta de transparência, consulta e articulação com os principais atores envolvidos nesta política, e que terá relevante papel na tomada de decisões em relação ao aprimoramento de normativos sob a governabilidade da Sead.

O selo é um instrumento do Programa Nacional de Produção e Uso de Biodiesel, instituído em 2005, e tem como fundamento a inclusão social e produtiva da agricultura familiar, o desenvolvimento regional e a produção sustentável de matéria-prima para energia renovável.

Ascom Sead

Carolina Gama 
Secretaria Especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário
Assessoria de Comunicação

Fonte : MDA