2014 teve o maio mais quente desde 1850, diz agência americana

O ano de 2014 registrou o mês de maio mais quente desde que as medições começaram, em 1880, anunciou nesta semana a NOOA (Agência Americana Oceânica e Atmosférica).

A temperatura média na superfície terrestre e dos oceanos atingiu 15,54ºC em maio, o que representa 0,74°C a mais do que a média de 14,8°C no século 20. Também foi o 39º mês de maio consecutivo e o 351º mês seguido em que a temperatura global do planeta esteve acima da média do século passado, explicou a agência do governo dos EUA.

A última vez em que a temperatura de um mês de maio foi inferior à média do século 20 foi em 1976. O último mês em que a temperatura esteve abaixo da média foi fevereiro de 1985

A maior parte do planeta viveu em maio deste ano temperaturas mais quentes do que a média, com picos de calor no leste do Cazaquistão, partes da Indonésia e noroeste da Austrália.

No entanto, partes do nordeste do Atlântico e locais limitados no noroeste e sudoeste do Pacífico, assim como nas águas oceânicas do sul da América, foram mais frias do que a média. A temperatura de abril de 2014 foi similar com a de 2010, que tinha sido a mais quente registrada no planeta aquele mês desde 1880, segundo a NOAA.

Segundo prognósticos da NOAA, há 70% de probabilidades de que a corrente quente do Pacífico El Niño volte a aparecer neste verão no hemisfério norte e, 80% de possibilidades de que surja durante o outono e inverno próximos, o que poderia ter um impacto importante nas temperaturas e nas precipitações em todo o mundo.

Fonte: Folha

DA FRANCE PRESSE

25/06/2014 17h48

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *