.........

Voto na Câmara só com consenso

.........

A votação no plenário da Câmara dos Deputados do novo texto da medida provisória 571 sobre o Código Florestal só acontecerá hoje se o governo concordar em não modificá-la. Segundo o vice-presidente da Frente Parlamentar da Agropecuária, deputado Luis Carlos Heinze, a ministra Ideli Salvatti esteve na câmara pela manhã conversando com os líderes para buscar consenso. "Queremos o compromisso do governo de votar e não alterar o texto da comissão." Segundo o deputado Bohn Gass, o objetivo é agilizar o andamento do processo. Após passar pelo plenário da Câmara, o texto seguirá para o Senado. Pelo texto do senador Luiz da Silveira, aprovado pela Comissão Especial de Análise, os médios proprietários foram beneficiados com redução da margem de rio a ser recuperada.

Fonte: Correio do Povo