.........

Vinho brasileiro para a China

.........

A China, quem diria, já é o principal importador de vinhos brasileiros. Os chineses compraram US$ 405 mil de janeiro a junho, 492% a mais do que no mesmo período de 2011, segundo o Instituto Brasileiro do Vinho (Ibravin). O interesse da florescente classe média chinesa pelo status que cerca os bons vinhos excita produtores do Velho e do Novo Mundo. Todo mundo quer vender para a China, de Bordeaux ao Vale dos Vinhedos.O Brasil está bem nessa disputa. Entrou naquele mercado há apenas dois anos. De lá para cá, o volume remetido para a China aumentou de 18,4 mil litros para 41 mil litros, e o preço médio cresceu 140%. Ouvi um vinicultor da Serra dizer ao intermediário de um potencial comprador chinês que talvez não conseguisse realizar o negócio por uma razão: a quantidade solicitada era muito maior do que a que ele produzia em mais de uma safra.

Fonte: Zero Hora | OLHAR DO CAMPO | Irineu Guarnier Filho