.........

Vendas do produto no país somam US$ 1,5 bi

.........

Em todo o mundo estão catalogadas 31 diferentes espécies resistentes ao glifosato, e seis delas estão presentes no Brasil – sendo que azevém, buva e capim-amargoso são as que mais dão trabalho. Estudos indicam que duas a três plantas de capim-amargoso por metro quadrado podem diminuir a produção de soja de 20% a 50%, o que explica o trabalho intensivo, e caro, de controle.

A amplitude dos prejuízos financeiros provocados carece de cálculos globais e precisos, mas análises locais ajudam a compreender sua dimensão. Leandro Gasparelli, que produz soja em Bela Vista do Paraíso e Alvorada do Sul, no norte do Paraná, já combate há quatro anos a infestação de buva e capim-amargoso. "Tenho recorrido a outros defensivos [além do glifosato] e ao aumento de doses e aplicações, mas não escapo de uma roçagem final", diz ele, que tem hoje 11% de seu custo de produção (ou pouco mais de R$ 100 por hectare) consumidos pelas ações de combate às invasoras. "Comecei a plantar a nova safra 2014/15 e já vejo focos de resistência", conta.

A Embrapa estima que o custo do controle de ervas resistentes pode ser até seis vezes maior que em lavouras sem infestação, para mais de R$ 400 por hectare. "Normalmente, são feitas de duas a três aplicações de glifosato em uma plantação da soja, que podem subir para seis ou sete em áreas com resistência", compara o pesquisador Fernando Adegas.

Tamanha é a demanda pelo glifosato que o produto movimentou entre US$ 1,4 bilhão e US$ 1,5 bilhão no país em 2013, nas contas de Flávio Hirata, da consultoria Allier Brasil, especializada no segmento de agroquímicos. Mas a continuidade do uso do produto deve ser assegurada, entre outras fatores, por ele ser considerado "barato", avalia Hirata.

Adegas também crê que "dificilmente" aparecerá uma opção "tão boa" quanto o glifosato, ao menos no curto prazo. "Muitas tecnologias que estão surgindo são baseadas em herbicidas antigos, ou têm o glifosato em seu pacote". Para ele, novos transgênicos vão ajudar, mas não resolverão o problema. "Cada vez mais teremos que pôr em prática os bons conceitos de agronomia".

© 2000 – 2014. Todos os direitos reservados ao Valor Econômico S.A. . Verifique nossos Termos de Uso em http://www.valor.com.br/termos-de-uso. Este material não pode ser publicado, reescrito, redistribuído ou transmitido por broadcast sem autorização do Valor Econômico.
Leia mais em:

http://www.valor.com.br/agro/3795184/vendas-do-produto-no-pais-somam-us-15-bi#ixzz3KGfWXzKU

Fonte: Valor | Por Mariana Caetano | De São Paulo