.........

Vendas de máquinas agrícolas voltaram a aumentar em maio

.........

As vendas de máquinas agrícolas voltaram a aumentar em maio no país, confirmando a tendência de recuperação observada desde o segundo semestre do ano passado. Segundo a Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea), foram comercializadas 4.054 unidades em maio, 17,6% mais que em abril e resultado 16,4% superior ao de maio de 2016.

Com o novo incremento, as vendas somaram 17.262 unidades nos primeiros cinco meses de 2017, um expressivo avanço de 28,7% em relação a igual intervalo do ano passado, que foi particularmente fraco para as montadoras que atuam no segmento no mercado brasileiro. Para Ana Helena Correa de Andrade, vice-presidente da Anfavea responsável pela área de máquinas agrícolas e rodoviárias, boa parte desse aumento pode ser atribuído ao "desempenho constante e estável nos financiamentos na safra 2016/17".

No Plano Safra referente ao ciclo que oficialmente terminará em 30 de junho, o governo federal reservou inicialmente R$ 5 bilhões ao Moderfrota, linha de crédito rural voltada à modernização de tratores e colheitadeiras. A demanda aquecida levou o governo a redirecionar recursos que seriam destinados a linhas que estavam com a demanda menor para não prejudicar a retomada na área de maquinário. O montante total, com isso, chegou a US$ 8,5 bilhões.

No próximo Plano Safra (2017/18), que será anunciado pelo presidente Michel Temer em cerimônia no Palácio do Planalto nesta quarta-feira e entrará em vigor em 1º de julho, a expectativa é que o apoio ao segmento continue firme – até porque, segundo Ana Helena, "ainda há muito espaço para crescer". Antonio Megale, presidente da Anfavea, reforçou o cenário positivo lembrando que o clima tende a colaborar e que isso tende a ser reverter em "boas novidades" nas próximas safras.

De acordo com os dados da entidade, as exportações brasileiras de máquinas agrícolas também continuam em expansão. Somaram 1.321 unidades em maio, 72,7% mais que no mesmo mês de 2016, e alcançaram 4.525 unidades nos cinco primeiros meses do ano, um aumento de 30,6% na comparação com o mesmo período do ano passado.

Assim, a produção nacional também vem apresentando avanços superlativos. Chegou a 5.858 unidades em maio, 39,5% acima do resultado do mesmo mês de 2016, e atingiram 24.072 unidades nos primeiros cinco meses, alta de 52,2% em relação a igual intervalo do ano passado. Nesse contexto, o número de empregos no segmento voltou a subir.

  • Por Marli Olmos e Fernando Lopes | De São Paulo
  • Fonte : Valor