Vendas de adubo

O volume de fertilizantes entregue às revendas do país atingiu 3,288 milhões de toneladas em novembro, aumento de 1,6% na comparação com o mesmo período do ano passado e de 8,1% ante as entregas de outubro, segundo dados divulgados ontem pela Associação Nacional para a Difusão de Adubos (Anda). No acumulado de 2017 até novembro, as entregas de adubos no país cresceram 2,1%, somando 32,081 milhões de toneladas. De acordo com a Anda, a produção de fertilizantes no Brasil somou 668,461 mil toneladas no mês passado, queda de 13,9% na comparação com novembro do último ano. Em 2017, até novembro, a produção nacional totalizou 7,570 milhões de toneladas, recuo de 8,2% na comparação com igual intervalo do ano passado. Ainda de acordo com a Anda, as importações de fertilizantes ficaram estáveis em novembro, somando 2,355 milhões de toneladas. Entre janeiro e novembro, as compras no exterior aumentaram 8,2%, para 24,211 milhões de toneladas. Segundo estimativas da consultoria MacroSector, as vendas de fertilizantes no país deverão encerrar o ano em 34,9 milhões de toneladas, 2,5% menos do que em 2016. Segundo a consultoria, as importações deverão aumentar 6,9% na mesma base de comparação, para 26,2 milhões de toneladas, e a produção brasileira deve recuar 6,6%, para 8,4 milhões de toneladas.

  • Por Kauanna Navarro | De São Paulo
  • Fonte: Valor