.........

Venda de máquinas segue em forte queda

.........

As vendas de máquinas agrícolas e rodoviárias no mercado brasileiro frustraram as expectativas das companhias que atuam no segmento e voltaram a amargar retração expressiva em janeiro.

Conforme dados divulgados ontem pela Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea), as vendas totalizaram 1.570 unidades no mês passado, 53,2% menos que em janeiro de 2015. Mais preocupante que isso, entretanto, foi a redução de 29,4% em relação a dezembro.

"Imaginávamos que conseguiríamos repetir o mês de dezembro", lamentou Luiz Moan Yabiku Junior, presidente da Anfavea, em encontro com jornalistas em São Paulo. Foi grande a decepção da entidade com as vendas de tratores, que somaram 1.082 unidades em janeiro, 57,9% menos do que no mesmo mês do ano passado.

Segundo Moan, a "questão política" ainda é a principal responsável pela forte queda das vendas de máquinas agrícolas no país. Mas o dirigente também voltou a afirmar que acredita em uma reversão dessa tendência ao longo deste ano.

Sempre de acordo com as informações da Anfavea, foram exportadas a partir do Brasil 328 máquinas agrícolas e rodoviárias no mês passado, 40,6% menos que em janeiro de 2015. A produção nacional, assim, caiu 64,8% na comparação, para 1.623 unidades.

Por Luiz Henrique Mendes | De São Paulo

Fonte : Valor