.........

Valor da Produção atinge recorde de R$ 227,7 bilhões

.........

Secas em regiões do Brasil e nos ERstados Unidos proporcionou expansão do milho

por Globo Rural On-line

 Shutterstock

A expansão da produção de milho no Brasil superou a produção de soja, tradicionalmente maior que a do cereal

O Valor Bruto da Produção (VBP) das principais lavourasdo País está estimado em R$ 227,7 bilhões e supera em 0,8% o índice registrado no mesmo mês de 2011. O valor alcançado neste ano é o maior da série construída desde 1997. Os dados foram divulgados nesta terça-feira (11/9) pelo Ministério da Agricultura.
Três fatores principais influenciaram no resultado: as secasno Brasil nas regiões Sul e Nordeste, as estiagens nosEstados Unidos e a grande expansão da produção de milhono Brasil que, neste ano, superou a produção de soja, tradicionalmente maior que a do cereal. “Esses fatores afetaram os preços agrícolas, especialmente os de soja e de milho, e também a produção, que sofreu quebras acentuadas de alguns alimentos como soja, milho e feijão”, explica o coordenador da Assessoria de Planejamento Estratégico (AGE) do Ministério da Agricultura, José Garcia Gasques.
Entre os produtos de melhor desempenho neste período destacam-se o algodão (37,1%), o milho (28,4%), a soja (16,4%) e o feijão (9,4%). Dentre os produtos que vêm apresentando resultados desfavoráveis no faturamento neste ano, os de pior desempenho são a laranja (-50,7%), o tomate (-50,2%), a batata inglesa (-44,2%), a mandioca(-17,7%), o cacau (-15,7%), o trigo (-15,2%) e o arroz (-14,1%).
O valor da produção regional mostra-se com aumentos, em relação a 2011, no Centro-Oeste (26,8%), no Nordeste (19,8%) e no Norte (5,7%). Nas duas principais regiões produtoras de grãos – Sul e Centro-Oeste –, os estados que lideram os aumentos do valor da produção foram o Paraná e Mato Grosso, respectivamente. De acordo com Gasques, os dados mostram que neste ano os resultados da soja e do milho beneficiaram a maioria dos estados que plantaram esses produtos em 2012.

Fonte: Globo Rural