USDA confirma produção recorde de soja nos EUA

Apesar de representar um novo recorde de soja nos EUA, a colheita prevista no relatório de oferta e demanda divulgado ontem pelo Departamento de Agricultura do país (USDA) ficou um pouco aquém das expectativas dos analistas, o que fez o grão subir em Chicago.

Os papéis com vencimento em janeiro fecharam o dia a US$ 10,025 por bushel, alta de 2,72%. No relatório, o USDA manteve inalterada a projeção para a colheita de soja nos Estados Unidos, em 120,58 milhões de toneladas. No entanto, os analistas consultados pelo "The Wall Street Journal" trabalhavam com uma estimativa maior, de 120,8 milhões de toneladas.

No caso do milho, foi a revisão feita pelo USDA na projeção para o consumo global que ditou os preços. Os contratos para março subiram 0,9%, a US$ 3,6275 por bushel. O órgão elevou em 7 milhões de toneladas, a 1,064 bilhão de toneladas a projeção para a demanda global, o que ajudou a reduzir os estoques.

Fonte: Valor | Por Luiz Henrique Mendes e Cleyton Vilarino | De São Paulo