.........

União dá impulso à agroindústria

.........

Fonte: Zero Hora

Plano Safra da AGRICULTURA FAMILIAR é lançado pela presidente Dilma

Está valendo, a partir de hoje, decreto que estipula prazo de 60 dias para que o governo federal responda aos Estados que solicitaram adesão ao Sistema Unificado de Atenção à Sanidade Agropecuária (Suasa). O documento assinado ontem pela presidente Dilma Rousseff possibilita que os produtos da AGRICULTURA FAMILIAR sejam vendidos em todo o país.

Amedida tão aguardada pelos pequenos agricultores foi anunciada ontem no lançamento do Safra para a AGRICULTURA FAMILIAR, em Francisco Beltrão (PR). Para a safra 2011/2012, o pacote terá R$ 16 bilhões, dos quais R$ 3 bilhões devem ser tomados pelo Rio Grande do Sul.

Segundo a presidente, o governo pretende organizar a demanda desses produtos familiares para que o setor possa se desenvolver e gerar mais renda, com a expansão e venda em território nacional. E o Rio Grande do Sul é um dos 11 Estados que aguardam resposta de Brasília sobre a adesão ao sistema.

O presidente da Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Rio Grande do Sul (Fetag), Elton Weber, que esteve no Paraná, tem a expectativa de que a adesão do Estado aconteça já na Expointer – que ocorrerá entre 27 de agosto e 4 de setembro.

– Acredito que entre 30% e 40% da agroindústria do Estado tenha condições de vender seus produtos no país – projeta Weber.

O secretário nacional de AGRICULTURA FAMILIAR do Ministério do Desenvolvimento Agrário, Laudemir Müller, ressalta que, desde a criação do Suasa em 2006, dos 14 Estados, apenas Minas Gerais, Paraná e Bahia tiveram a solicitação atendida. Müller pondera, entretanto, que o governo não abrirá mão da qualidade.

Como funciona

– Se as agroindústrias de Estados e municípios estiverem dentro das regras federais de inspeção sanitária, os seus produtos industrializados poderão ser vendidos no mercado nacional.

FORMAS DE ADESÃO

– Pode ser individual (cada município solicita sua adesão) ou pode ser de forma coletiva (consórcio de cidades).

COMO ADERIR

– Solicitar a adesão na Superintendência Federal de Agricultura do respectivo Estado, que será encaminhada ao Ministério da Agricultura. Após a aprovação final da adesão do serviço proponente ao Suasa, a notificação será publicada no Diário Oficial da União (DOU).