TRIGO – Preço do trigo se mantém firme em cenário de poucos negócios

Movimento é considerado normal, já que período é de entressafra e preparação para o próximo plantio

agricultura_trigo (Foto: Thinkstock)

No Rio Grande do Sul, indicador do Cepea acumula alta de mais de 2% neste mês (Foto: Thinkstock)

Os preços do trigo seguem firmes no mercado brasileiro, apesar da baixa liquidez. A informação foi divulgada, nesta quinta-feira (11/2) pelo Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea). De acordo com os pesquisadores, o período atual, de entressafra, a sustentação das cotações é considerada normal.

“Além disso, a colheita da safra de verão faz com que produtores que ainda dispõem de estoques de trigo posterguem as vendas. Com a baixa disponibilidade interna de trigo de qualidade, moinhos devem intensificar as importações do cereal nos próximos meses”, informa a instituição, em nota.

saiba mais

De acordo com estimativas da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), a moagem de trigo deve ser de 10 milhões de toneladas para uma produção interna de 5,535 milhões. As importações devem somar 5,75 milhões de toneladas e as exportações, 900 mil toneladas. O estoque de passagem é estimado em 1,192 milhão de toneladas no final de julho de 2016.

O indicador do Cepea para o estado do Rio Grande do Sul registra valorização acumulada de 2,07% na parcial deste mês. Na quarta-feira (10/2), a referência fechou a R$ 627,04 por tonelada. No Paraná, a situação é de estabilidade (-0,07%), com a cotação em R$ 742,19 na quarta-feira.

POR REDAÇÃO GLOBO RURAL

Fonte : Globo Rural