.........

TJ de Alagoas decreta falência da usina Laginha, do deputado João Lyra

.........

SÃO PAULO – O Tribunal de Justiça de Alagoas (TJ-AL) decretou a falência da usina Laginha, de propriedade do deputado federal João Lyra (PSD-AL). A unidade, em recuperação judicial desde junho de 2009, vinha descumprindo pagamentos acordados no plano.

Atualmente, a Laginha tem dívidas da ordem de R$ 1 bilhão (sem considerar os débitos fiscais).

A decisão do TJ veio em atendimento a três recursos impetrados por credores: os bancos Credit Agricole (antigo Calyon) e Natixis, que tiveram a assessoria do escritório Demarest & Almeida. Juntos, esses bancos  têm a receber US$ 70 milhões. Outros pedidos foram do Banco do Nordeste e da companhia Belga Alcotra, que tem a receber US$ 50 milhões.

A Laginha passou por uma recuperação judicial turbulenta. Dois anos após a aprovação do plano, a empresa já tinha descumprido vários compromissos. Desde janeiro deste ano, não pagava mais nenhum credor e chegou a pedir à Justiça a aprovação de um outro plano de recuperação judicial.

O grupo anunciou, há cerca de três meses, que o deputado João Lyra pretendia vender parte de seu patrimônio pessoal para levantar em torno de R$ 100 milhões e sanar uma fatia das dívidas.

Procurados, os executivos do grupo João Lyra não foram encontrados para comentar o assunto.

© 2000 – 2012. Todos os direitos reservados ao Valor Econômico S.A. . Verifique nossos Termos de Uso em http://www.valor.com.br/termos-de-uso. Este material não pode ser publicado, reescrito, redistribuído ou transmitido por broadcast sem autorização do Valor Econômico.
Leia mais em:

http://www.valor.com.br/empresas/2847484/tj-de-alagoas-decreta-falencia-da-usina-laginha-do-deputado-joao-lyra#ixzz27lkroFtU

Fonte: Valor | Por Fabiana Batista | Valor